Pane no sistema interno obriga STF a cancelar pauta de julgamentos

Durante o dia, houve instabilidade na telefonia e na internet do tribunal. A sessão virtual não carregou e o site voltou a funcionar à noite

atualizado 15/09/2020 20:36

STF decide ser válida suspensão dos salários de Guerner e BandarraAndre Borges/Esp. Metrópoles

As sessões das duas turmas do Supremo Tribunal Federal (STF) que estavam programadas para as 14h desta terça-feira (15/9) tiveram que ser canceladas devido a uma instabilidade nos sistemas de telefonia e internet do tribunal.

O site chegou a ficar fora do ar e a sessão virtual não carregou. Com isso, os julgamentos dos casos que estavam na pauta tiveram que ser transferidos para a próxima semana, com previsão de que ocorram na terça-feira (22/9).

De acordo com a assessoria do tribunal, houve um problema nos equipamentos da rede interna, o que acabou atingindo todo sistema de telefonia e internet. O site voltou a funcionar à noite, mas ainda permanece instável, assim como os demais serviços.

Segundo o STF, a equipe de tecnologia “está trabalhando na solução junto com a equipe técnica do fabricante dos equipamentos”. Ainda não há, no entanto, uma previsão de quando todo o sistema se normalizará.

Pauta

Na 1ª Turma, estava previsto o julgamento de embargos de declaração impetrado por um fazendeiro de Sete Quedas, município do Mato Grosso do Sul, que quer anular portaria do Ministério da Justiça que declarou de posse permanente do grupo indígena Guarani Nhandéva a Terra Indígena Sombrerito.

Já na 2ª Turma, a pauta previa o agravo regimental da Eletrobras, questionando o direito à restituição dos valores recolhidos a título de empréstimo compulsório de energia elétrica a partir de janeiro de 1987.

0

 

Últimas notícias