Categorias: Justiça

Operação Faroeste: “surpreso”, TJBA dará todas as informações

Alvo da a Operação Faroeste, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) se manifestou, por nota, sobre a operação deflagrada nesta terça-feira (19/11/2019), para desarticular um suposto esquema de venda de decisões judiciais.

“O TJBA foi surpreendido com esta ação da Polícia Federal desencadeada na manhã desta terça-feira (19/11/19). Ainda não tivemos acesso ao conteúdo do processo. O Superior Tribunal de Justiça é o mais recomendável neste atual momento para prestar os devidos esclarecimentos. A investigação está em andamento, mas todas as informações dos integrantes do TJBA serão prestadas, posteriormente, com base nos Princípios Constitucionais.

Pelo princípio do contraditório tem-se a proteção ao direito de defesa, de natureza constitucional, conforme consagrado no artigo 5º, inciso LV: ‘aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ele inerentes’.

Ambos são Princípios Constitucionais e, também, podem ser encontrados sob a ótica dos direitos humanos e fundamentais. Logo, devem sempre ser observados onde devam ser exercidos e, de forma plena, evitando prejuízos a quem, efetivamente, precisa defender-se.

Quanto à vacância temporária do cargo de presidente, o Regimento Interno deste Tribunal traz a solução aplicada ao caso concreto. O 1º Vice Presidente, Desembargador Augusto de Lima Bispo, é o substituto natural.”

A operação
A “Faroeste” cumpre mandados de prisão temporária e mandados de busca e apreensão em gabinetes, fóruns, escritórios de advocacia, empresas e nas residências dos investigados. As ações são realizadas nas cidades de Salvador, Barreiras, Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, na Bahia, e em Brasília.

O ministro Og Fernandes, do STJ, acolheu pedido da Procuradoria-Geral da República e determinou o bloqueio de R$ 581 milhões de parte dos investigados. Segundo o Ministério Público Federal, a investigação identificou um esquema de corrupção envolvendo magistrados e servidores do TJ-BA, advogados e produtores rurais que atuavam na venda de decisões para legitimar terras no oeste baiano.

Estadão Conteúdo

Últimas notícias

Pai e filhos são baleados durante tiroteio em bar no Entorno

Feridos, eles contaram que levaram tiros após se envolverem em uma briga. Uma das vítimas estava armada e foi apreendida

11 minutos passados

Universidades federais têm melhor desempenho em índices do Inep

Elas são maioria nas faixas superiores dos indicadores de qualidade do ensino superior, baseados no Enade

34 minutos passados

Inep destaca bons resultados de cursos a distância

Modalidade responde por 7% dos mais de 8 mil cursos avaliados em índice de qualidade do ensino superior

35 minutos passados

Corpo carbonizado é encontrado em casa que pegou fogo no DF

Incêndio atingiu residência no Riacho Fundo 2. Corpo de Bombeiros foi acionado nesta quinta-feira

58 minutos passados

Pimenta e berinjela: marca lança vibrador em formato de emojis

A marca Emojibator se inspirou nas famosas conversas com os crushs, e idealizou linha de sex toys bem humorados

2 horas passados

Liga dos Campeões: entenda como funciona o sorteio das oitavas

Veja também a retrospectiva da fase de grupos e como o Metrópoles se saiu na previsão feita antes do início…

2 horas passados