Félix Fischer revoga liminar e manda Queiroz de volta para prisão

Decisão atinge também sua mulher, Márcia, que estava foragida e deve também ser presa

atualizado 13/08/2020 20:58

Reprodução/Redes sociais

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer revogou a prisão domiciliar do ex-assessor Fabrício Queiroz e determinou o retorno do ex-assessora da família Bolsonaro para a cadeia.

A decisão também atinge sua mulher, Márcia Aguiar, que antes estava foragida e agora deve ser presa. A informação é do jornal O Globo. A íntegra da decisão não foi divulgada porque o processo corre em segredo de Justiça, de acordo com informações do STJ.

De acordo com o jornal, no despacho, Fischer determina a revogação da liminar concedida pelo presidente do STJ, João Otávio Noronha, durante o plantão do Judiciário, que mandou Queiroz para a prisão domiciliar.

O ministro também determinou que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro analise, com urgência, a situação dos dois. Enquanto isso, fica restabelecida a ordem de prisão de Queiroz e Márcia em regime fechado.

Últimas notícias