Marido e mulher morrem no mesmo dia em Joinville após 57 anos casados

Elma e Darci se casaram aos 20 anos e eram inseparáveis. Os dois morreram em 5 de janeiro, em Joinville

atualizado 16/01/2017 21:36

Reprodução/Arquivo pessoal

Elma e Darci Schmaltz, juntos há 57 anos, morreram no mesmo dia e com a mesma doença (pneumonia) em Joinville (Santa Catarina). A partida simultânea, em 5 de janeiro, encerrou uma bonita história de amor que começou aos 20 anos de idade, quando os dois resolveram se casar. Gaúchos radicados em Joinville desde 1979, tiveram cinco filhos, oito netos e cinco bisnetos.

Ao “Uol”, Lurdes, uma das filhas do casal, contou que o sonho do pai era morrer depois da mãe. “Para que ela não fique sozinha”, disse. Inseparáveis, Elma e Darci faleceram praticamente de mãos dadas.

Ele partiu primeiro na madrugada de quinta (5/12), após ser internado. Elma ficou pouco tempo sem Darci: deu seu último suspiro apenas 12 horas mais tarde. O casal construiu a vida com muito suor e trabalho. Darci chegou a atuar como varredor de rua e coletor de papelão.

Depois de receber herança pela morte do pai, Darci investiu o dinheiro num sonho de Elma: adquirir uma máquina de fazer picolés. A Sorveteria Scarolo funcionou por 25 anos. O casal também abriu um minimercado. O quadro de doenças e a rotina de constantes cuidados médicos fez com que os dois tivessem que fechar os negócios. Passaram os últimos dias de vida juntos. Inseparáveis.

 

 

Mais lidas
Últimas notícias