Jovem reclama de quem urinava em frente à casa dele e acaba morto

O suspeito, Ricardo Adriano Ribeiro, já era considerado foragido, pois desapareceu após uma saída temporária

atualizado 11/11/2020 14:56

Reprodução/Facebook

Higor da Silva Gomes, de 24 anos, foi assassinado a tiros ao pedir respeito a um homem que urinava em frente à casa dele em São José dos Campos (SP). O caso ocorreu por voltas das 2h30 de segunda-feira (9/11), no bairro Campo dos Alemães, durante um baile funk conhecido como Fluxo.

O suspeito pelo crime é Ricardo Adriano Ribeiro. Ele já era considerado foragido, pois desapareceu após uma saída temporária. As informações são do Uol.

De acordo com agentes da 3ª Delegacia de Homicídios de São José dos Campos, a namorada de Higor, que estava com ele no momento em que houve os disparos, contou que eles estavam em casa enquanto ocorria uma festa em um bar da esquina. Ela ainda explicou que alguns homens bebiam, mostravam armas e urinavam em frente à casa da vítima.

Segundo a testemunha, na segunda vez que os homens foram urinar, Higor pediu respeito, pois sua mulher estava na casa e não deveria presenciar a cena.

“Neste momento, um dos indivíduos questionou: ‘você sabe com quem está falando?’. Na sequência, desferiu vários tiros na vítima, inclusive na sua cabeça. Depois arrancaram com o carro e fugiram”, contou a namorada.

No boletim de ocorrência, a jovem informou que pelo menos mais uma pessoa saiu no carro com o autor dos disparos. Os policiais encontraram oito estojos de pistola calibre .308 no local da morte.

Testemunhas são ouvidas e a polícia segue investigando para encontrar o suspeito e a arma utilizada no crime.

 

Últimas notícias