Jovem que sobreviveu a atentado é executado quando chegava em casa

Homem de 29 anos, identificado com Gustavo Faria, morreu após ser baleado por tiros disparados de uma escopeta calibre 12

atualizado 11/10/2020 13:06

Colaboração Jornal de Rio Branco

Um jovem de 29 anos, identificado como Gustavo Faria, foi executado com tiros de escopeta calibre 12, dentro do carro dele, um Ford Fiesta, perto das 21 horas deste sábado (10), na frente da casa onde morava, Vila São Pedro, em Rio Branco do Sul, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Ele havia acabado de chegar em casa quando foi surpreendido. Os tiros atravessaram o vidro do carro.

O bombeiro comunitário Ribeiro, contou à reportagem da Banda B que, ao chegar no local, a vítima já estava morta. “Quando chegamos ao local já vimos que nada poderia ser feito. Pelo o que a PM apurou, ele foi morto com tiros de calibre 12. Entre os vizinhos impera a lei do silêncio, ninguém sabe e ninguém viu nada”, contou o bombeiro.

Ribeiro também relatou que, há cerca de três anos, Gustavo já havia sofrido um atentado na rodovia dos Minérios na entrada de Rio Branco do Sul. “Tempos atrás nós mesmos atendemos este mesmo rapaz que havia levado cerca de seis tiros. Estávamos no quartel quando fomos chamados. Agora, ele não resistiu”, completou.

Leia a matéria completa no portal Banda B, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias