Jeep Renegade: cinco anos de Brasil e 250 mil unidades vendidas

O modelo, único da família a não derivar de carro de passeio, marca presença com bons números e lidera o mercado de SUVs em 2019

atualizado 03/03/2020 20:28

O Jeep Renegade, lançado mundialmente na Europa em setembro de 2014, tornou-se o queridinho dos consumidores brasileiros que gostam de utilitário-esportivo. Em fevereiro, foram vendidas 5.354 unidades do modelo (em janeiro, 4.324). Em 2019, foi o campeão entre os SUVs, segmento que mais cresce no mercado, com 68.736 unidades. 

Nesses cinco anos, bateu a marca de 250 mil unidades comercializadas no Brasil. O Renegade foi o primeiro modelo produzido no Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE), fábrica considerada a mais moderna da FCA no mundo, e desembarcou nas concessionárias em abril de 2015. Em setembro do mesmo ano, entrou para o Top 10 do ranking de automóveis. 

Em dezembro, bateu o recorde de vendas mensais de um utilitário-esportivo no Brasil. Já em janeiro de 2016, ficou entre os cinco mais vendidos no país, posição inédita para um SUV. 

0

O modelo alcançou, pela primeira vez, a liderança geral da categoria de SUVs, conquistada em 2016 e mantida até hoje. A Jeep fechou 2019 com cerca de 130 mil veículos vendidos, recorde absoluto, o que torna o Brasil o segundo maior negociador da marca no mundo. O país é o primeiro em participação do mercado: em nenhuma outra nação as vendas do utilitário-esportivo atingem os 22% do segmento de SUVs como aqui.

No ano passado, o modelo bateu a marca de 200 mil unidades e ainda ganhou um tributo à herança da fabricante, a série especial Willys com exclusivas 250 unidades. Com base na versão Trailhawk, chegou para homenagear a história da Jeep, com adesivos e bordados que fazem alusão ao antigo Willys. 

Ainda em 2019, também foi lançada a edição limitada de 500 unidades do Jeep Renegade WSL, para celebrar a parceria com a World Surf League, associação que organiza o Campeonato Mundial de Surfe, patrocinado pela Jeep desde 2015.

O Renegade tem origem de SUV, sem ser derivado de um carro de passeio. Por isso, conta com carroceria que permite outras exclusividades no segmento: motor turbo diesel, câmbio automático de nove marchas, tração 4×4 com reduzida.

Últimas notícias