ICMBio é notificado pelo uso de retardante de fogo na Chapada dos Veadeiros

Semad afirma que não há registro de regulamentação do produto em Goiás; Ibama diz que não há legislação que proíba o uso do produto

atualizado 15/10/2020 11:38

Queimada na Chapada dos VeadeirosDivulgação/Semad

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) notificou o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (IMCBio) para prestar informações sobre o retardante de fogo utilizado na região da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pouso Alto, no município de Alto Paraíso.

O uso do produto não é autorizado em Goiás e pode apresentar impactos negativos em contato com água, solo, fauna e flora.

Endereçado a Luís Henrique Mota de Freitas Neves, chefe do parque nacional, o documento apresenta dados técnicos da Unidade de Conservação (UC) esclarecendo que o produto produz efeitos de impacto ambiental.

Leia mais em Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias