Homem é preso suspeito de matar madrasta com ajuda do pai

Marido da vítima ajudou a armar emboscada. Motivação do crime ainda é investigada pela polícia

atualizado 23/06/2021 12:16

Homem é preso por matar madrastaReprodução

Willian Ferreira dos Santos, de 25 anos, foi preso, nesta terça-feira (22/6), pela morte de sua madrasta, Zuleide Lourdes Teles da Rocha, de 57 anos. O jovem teria assassinado a mulher no sábado (19/6), em Dourados (MS), em uma emboscada armada por ele, pelo esposo da vítima, Givaldo Ferreira Santos, 62, e por outras duas pessoas. As informações são do RDNews.

Na data do crime, Zuleide, que era detetive particular, foi com o neto, de 7 anos, a uma suposta reunião de trabalho para a empresa de segurança do casal. Chegando lá, a mulher foi rendida pelo enteado e levada para dentro de um matagal, onde foi morta com um tiro na cabeça.

O enteado e um outro cúmplice esconderam o carro da vítima em Laguna Carapã e deixaram seu neto em um campo de obras no Residencial Vival dos Ipês. O vigia do canteiro avisou o esposo de Zuleide, Givaldo, e o avô foi buscá-lo, antes de ligar para a polícia.

Givaldo confessou o crime durante seu depoimento, nesta terça-feira (22/6). A Polícia Civil prendeu o enteado da vítima em uma parada de ônibus no Terminal Rodoviário da cidade.

José Olímpio de Melo Júnior, de 32 anos, identificado como o segundo capanga que ajudou no crime, foi preso no escritório de contabilidade em que trabalhava. Já Sueli da Silva, de 56 anos, que fez a ligação marcando a reunião falsa, foi presa em um ônibus em Rio Brilhantes quando fugia para Campo Grande.

A polícia investiga o crime.

Mais lidas
Últimas notícias