Homem é preso por comercializar “cura” para o coronavírus

O suspeito divulgava o produto nas redes sociais, disponibilizando um link de acesso em que as pessoas poderiam adquirir o “medicamento”

Um homem foi preso em flagrante, na manhã desta segunda-feira (23/03), por comercializar supostos medicamentos para a cura do coronavírus, em Ipanema (MG). O suspeito divulgava o produto nas redes sociais, disponibilizando um link de acesso em que as pessoas poderiam adquirir o medicamento.

A medicação estava sendo comercializada com a identificação Imunotex Plus, pelo valor de R$ 30, e poderia ser adquirida por um site ou pelo telefone/WhatsApp.

Durante as buscas realizadas na casa do suspeito, foi apreendida uma enorme quantidade de produtos embalados para comercialização, além de garrafas com produtos para serem embalados, embalagens vazias, plantas, rótulos e comprovantes de postagem nos Correios.

O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Ipanema e autuado por crime de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.