Homem é preso após instalar câmeras para espiar mulheres em MG

As vítimas eram enganadas com a afirmação de que as câmeras só serviam para melhorar o funcionamento de aparelho para TV

atualizado 21/09/2021 19:34

Reprodução

Nessa segunda-feira (20/9), a Polícia Civil  de Minas Gerais prendeu um homem, de 43 anos, suspeito de instalar câmeras nas residências de mulheres com o objetivo de filmá-las clandestinamente. O caso ocorreu em Santos Dumont, na zona da mata do estado.

Para conseguir acesso às vítimas, o homem oferecia um aparelho que dava acesso a canais pagos, e no momento da instalação, escondia câmeras para a obtenção de conteúdos íntimos. As informações são da Rádio Itatiaia.

De acordo com a investigação da Polícia Civil, o aparelho TVBox era oferecido com a finalidade de permitir o acesso a rogramação da TV e com a garantia de que as câmeras instaladas não filmavam, apenas melhoravam o funcionamento do equipamento.

No entando, as imagens obtidas eram acompanhadas em tempo real pelo homem através de seu aparelho celular.

A polícia relatou que o aparelho de filmagem foi encontrado em pelo menos duas casas, sendo que em uma delas estava posicionado em cima da cama de uma jovem de 12 anos.

Durante as buscas realizadas, os policiais apreenderam os equipamentos de conversão, câmeras de filmagem e o celular usado para o acompanhamento das imagens.

O suspeito foi detido em flagrante e encaminhado à unidade policial.

Últimas notícias