Homem é preso após esfaquear mulher e criança de 2 anos em Alagoas

A agressão aconteceu durante um susposto programa sexual. A vítima e o acusado relataram versões diferentes sobre o ocorrido

atualizado 04/10/2021 18:59

Markus Spiske/Unsplash

Um homem de 29 anos foi preso, na madrugada desse domingo (3/10), acusado de tentar matar a facadas uma mulher de 24 anos e sua filha, de 2, durante um suposto programa sexual. O caso aconteceu no município de Teotônio Vilela, em Alagoas, e foi registrado pela equipe de plantão da Delegacia de São Miguel dos Campos.

A primeira versão do ocorrido foi relatada pela vítima aos agentes da Guarda Civil Municipal, que a socorreram depois de ser esfaqueada pelo suspeito. De acordo com a mãe da criança, o acusado e a mulher se encontraram em um bar e ele a convidou para fazer um programa sexual.

Segundo o portal Alagoas 24 horas, ela aceitou, mas decidiu passar em casa para pegar a filha, por motivo não esclarecido. Após isso, na casa do homem, os dois teriam discutido, uma vez que ele supostamente não quis pagar pelo programa. O acusado agrediu a mulher e ela tentou revidar. Nesse momento, ele a esfaqueou e acabou ferindo a criança no pescoço.

Já a segunda versão foi relata ao delegado Arthur César pelo suspeito. O homem afirmou que a mulher teria ficado insatisfeita com o programa e usou uma faca para feri-lo. Ele tentou se defender e acabou atingido a menina de 2 anos.

Os moradores do local foram os responsáveis por acionar a Guarda Municipal.

O homem e a faca foram levados para a 6ª Delegacia Regional da Polícia Civil. A mulher e a filha foram encaminhadas para a Unidade Mista Nossa Senhora das Graças, localizada no município, mas foram transferidas para o Hospital de Emergência do Agreste (HEA), na cidade de Arapiraca.

Últimas notícias