Homem acusa ex-ficante de atacá-lo com soda cáustica em Manaus

A suspeita ainda teria tentado esfaquear a vítima. Ela afirmou, em depoimento, que pretende sair da cidade

atualizado 14/12/2018 20:08

Arquivo Pessoal

A ex-ficante do industriário Pablo Henrique, de 26 anos, é a principal suspeita de tê-lo atacado com soda cáustica líquida, deformando parte de seu rosto. O ataque aconteceu em Manaus (AM) no começo deste mês.

Segundo a vítima, ele estava chegando em casa no dia 1º de dezembro, por volta das 3h, quando encontrou a mulher o esperando. Ela estaria usando máscara, boné e casaco como disfarce. O jovem pediu que ela se afastasse e, nesse momento, houve o ataque.

A suspeita ainda teria tentado esfaquear Pablo. A substância acertou o olho esquerdo e parte da boca do rapaz. Ele sofreu queimaduras de terceiro grau na boca, língua e garganta. Apesar de ter tentado registrar um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio, a polícia classificou o crime como agressão grave.

Em depoimento, a mulher afirmou que queria “apenas dar um susto” por não aceitar o fim do relacionamento de um mês. Ela pagou fiança e, após ser liberada, afirmou por mensagens que pretende deixar a capital amazonense. As informações são da IstoÉ.

Últimas notícias