Guarda é preso por envolvimento com facção criminosa que atacou o AM

Jair Gomes de Moura, de 47 anos, irá responder pelos crimes de associação criminosa, associação ao tráfico e fraude processual

atualizado 26/06/2021 11:52

Reprodução

A Polícia Civil do Amazonas (PCAM), por meio da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Careiro Castanho, distante 88 quilômetros da capital, com o apoio do Comando de Operações Especiais da Polícia Rodoviária Federal (COE-PRF), deflagrou na manhã desta sexta-feira (25/6), por volta das 6h, o desdobramento da operação “Mão de Ferro”, que resultou nos cumprimentos dos mandados de prisão e de busca e apreensão em nome de Jair Gomes de Moura, 47, chefe da Guarda Municipal daquele município.

O indivíduo é apontado como colaborador de uma facção criminosa que ordenou os ataques aos órgãos públicos da prefeitura de Careiro Castanho, ocorridos entre os dias 5 e 7 de junho deste ano.

Leia mais no portal Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias