Frase “#Pare o abuso de poder” é pintada na ponte estaiada em São Paulo

Movimento antirracista faz nova intervenção cultural na capital. Em novembro, artistas escreveram "#Vidas pretas importam" na Paulista

atualizado 27/12/2020 13:46

Pare o Abuso de PoderDivulgação/@bragadrones

São Paulo – O coletivo cultural Nós Artivistas fez uma nova intervenção artística na cidade de São Paulo em protesto contra o racismo. Na madrugada deste domingo (27/12), os ativistas pintaram a frase “# Pare o abuso de poder” numa pista da Ponte Octávio Frias de Oliveira, a ponte estaiada, na zona sul da capital, como forma de mostrar a insatisfação da população negra contra atos cometidos por autoridades, principalmente da segurança pública.

Esta é sétima intervenção feita pelos ativistas para chamar a atenção da sociedade para o racismo estrutura. A primeira foi feita 21 de novembro, após a morte de João Alberto Silveira Freitas, que foi espancado por seguranças de um supermercado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

A frase “#Vidas pretas importam” foi pintada na avenida Paulista. Do mesmo local, no dia 20, partiu a 17º Marcha da Consciência Negra de São Paulo, que terminou em um protesto em uma unidade do Carrefour que foi depredada.

Ainda em novembro, a avenida 9 de Julho foi pintada com a frase “#O futuro é uma mulher preta”, enquanto o Minhocão ganhou a inscrição “#Silêncio é apagamento”.

Neste mês, os ativistas também escreveram “#Busque racismo estrutural” na avenida Brigadeiro Faria Lima, na zona Sul, “#Está nascendo um novo líder” e “#Salvem nossas crianças”, respectivamente, em ruas de São Mateus e no Jardim Elba, ambas na zona leste.

Segundo a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, todas as intervenções que foram feitas pelo coletivo tiveram o apoio da pasta e também da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

 

0

Últimas notícias