Fotos em festa motivaram demissão do presidente da Cedae no Rio

Imagens mostram Hélio Cabral dentro de uma banheira em festa de luxo, no auge da crise da água no estado

atualizado 11/02/2020 14:21

Reprodução/ Jornal Atual

O vazamento de fotos do presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), Hélio Cabral, dentro de uma banheira em uma festa de luxo, na Barra da Tijuca (RJ), pode ter sido o fator decisivo para a demissão do executivo.

A festa ocorreu no dia 12 de janeiro, no auge da crise da água no estado do Rio de Janeiro. Imagens obtidas pelo Jornal Atual mostram Cabral junto com amigos e até integrantes da direção da companhia.

Hélio Cabral sai do comando da Cedae após 40 dias do surgimento da contaminação da Estação do Guandu, em Nova Iguaçu. A proliferação de geosmina trouxe mau cheiro e gosto ruim na água das torneiras. Ele será substituído por Renato Espírito Santo.

Últimas notícias