Fiocruz recomenda lockdown na Paraíba para conter o avanço da Covid-19

Boletim da instituição sugere que apenas atividades essencias devem permanecer funcionando nos próximos 14 dias

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou nesta terça-feira (23/3) um boletim no qual informa que os 25 estados do Brasil que atualmente se encontram na zona de alerta crítico em relação à ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para Covid-19, como a Paraíba, devem adotar lockdown ou medidas rígidas para o bloqueio de transmissão da Covid-19, como a restrição de atividades não essenciais por cerca de 14 dias.

De acordo com os dados apresentados, a Paraíba se encontra com 83% do leitos de UTI ocupados e, embora seja o menor índice da região Nordeste, a taxa é preocupante.

Leia mais no portal T5, parceiro do Metrópoles.