Família de preso que morreu ao levar choque será indenizada em R$ 120 mil

O caso ocorreu em 2017 e a Justiça entendeu que houve falta de orientação por parte da administração penitenciária

atualizado 23/01/2021 12:36

A família de um detento que morreu ao levar choque na Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia, será indenizada em R$ 120 mil. O caso ocorreu em 2017, quando o preso desmontava barracas erguidas no pátio da unidade prisional e acabou encostando em um fio desencapado. Decisão ainda cabe recurso.

Segundo consta na ação, o homem estava recluso desde junho de 2016 e morreu em fevereiro do ano seguinte. No processo, a família diz que a administração penitenciária solicitou que o detento desmontasse barracas de pano montadas no pátio do complexo prisional, utilizadas durante visita íntima.

Leia mais no portal Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias