Escritor Fernando Morais ficou 14 dias internado em Cuba com Covid-19

Integrante da comitiva do ex-presidente Lula em viagem à ilha, ele passou por complicações pulmonares depois de contrair a doença

atualizado 21/01/2021 21:48

Divulgação

O escritor Fernando Morais, que integrou a comitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante viagem a Cuba, testou positivo para a Covid-19 quando ainda estava na ilha e passou 14 dias internado, com complicações pulmonares.

Todos os nove membros da comitiva, exceto a jornalista Nicole Briones, tiveram diagnóstico positivo para a Covid-19 durante a estadia cubana. Todos permaneceram em isolamento e sob vigilância sanitária, respeitando os protocolos do sistema de saúde do país.

Apenas Morais precisou de tratamento hospitalar. O ex-presidente não necessitou de internação, assim como os demais membros da equipe.

A ida do petista à ilha do presidente Raúl Castro foi para dar início às gravações de um documentário sobre a América Latina – dirigido pelo cineasta americano Oliver Stone -, no qual o ex-presidente será retratado.

O ex-presidente informou nesta quinta que já se encontra recuperado do vírus e afirmou que está preparado para tomar a vacina contra a Covid-19.

“Sigo esperando minha vez na fila, com o braço à disposição para tomar assim que puder. E enquanto todos não se vacinam, vou continuar com máscara, evitando aglomerações e passando muito álcool gel”, disse Lula.

0

Últimas notícias