Escola promove discurso homofóbico após campanha do Burger King

Instituição criou um Centro de Treinamento de Pais Cristãos (CT). "O intuito é armarmos contra estas e outras setas inflamadas do inimigo!"

atualizado 27/06/2021 13:43

Fachada do Burger KingiSTOCK

A escola Eccoprime, localizada em Aldeia (PE), divulgou em sua conta no Instagram, nesse sábado (27/6), um post promovendo um discurso homofóbico. Na publicação, a escola critica a rede de fast food Burger King pela recém-lançada propaganda.

Por causa do Dia Internacional do Orgulho Gay, comemorado em 28 de junho, a marca produziu um vídeo em que crianças e pré-adolescentes falam sobre homossexualidade. Além do filme, o Burger King também mudou as cores das fotos de perfil das redes sociais e coloriu o próprio site com os tons da bandeira LGBTQIA+.

Veja a propaganda abaixo:

Na avaliação da escola, isso foi um “ataque às famílias cristãs”.  “Nossas crianças estão sendo atacadas! A exemplo da última campanha desta famosa rede de fast food. Este é apenas um dos muitos ataques que eles enfrentam todos os dias, sem antes estarem preparados. Nós, como pais, precisamos defender os nossos filhos e nos posicionar!”, afirmou a instituição pela legenda do post.

Para resolver o que consideram inadmissível, a escola criou um Centro de Treinamento de Pais Cristãos (CT). “O intuito é armarmos contra estas e outras setas inflamadas do inimigo!”, explicou. “A edição do CT 2021 acontecerá no dia 18 de setembro, de forma totalmente presencial, com a presença do pastor Tedd Tripp e de sua esposa Margy Tripp!”, complementou.

A publicação já possui mais de nove mil curtidas e o ódio contra a propaganda ganhou centenas de apoiadores nas redes sociais. O nome da marca chegou a ficar entre as mais faladas no Twitter nesta semana.

Veja o post abaixo

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Eccoprime (@escolaeccoprime)

 

 

 

Mais lidas
Últimas notícias