Empresária acusada de negociar morte do marido nega crime

Presa há pelo menos 45 dias, a empresária Ana Claudia Souza Oliveira Flor, é acusada de ter contratado o assassinado em videochamada

atualizado 09/10/2021 13:16

empresária Ana Claudia Souza Oliveira Flor, acusada de ter negociado a morte do maridoReprodução

Presa há pelo menos 45 dias, a empresária Ana Claudia Souza Oliveira Flor, acusada de ter negociado a morte do empresário e marido Toni Flor por R$ 60 mil em uma vídeochamada pelo Whatsapp, negou o crime. Em entrevista, ela rebateu as acusações que constam nos autos do processo, inclusive negando participação no homicídio do marido.

Ela afirma que a única preocupação, além de provar a inocência, é com as filhas, que atualmente estão sob a guarda da mãe de Ana. “Para quem não sabe, quando fui presa, quando o delegado chegou na minha casa e eu perguntei do que se tratava, meu mundo caiu. Porque não acreditei”, afirma.

Leia a entrevista completa em RD News, site parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias