Em Viçosa (MG), chuvas deixam 1 morto e estragos na universidade

Segundo o Corpo de Bombeiros, as rajadas de ventos atingiram intensidade superior a 100 km/hora

Divulgação/Corpo de Bombeiros de Minas GeraisDivulgação/Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

atualizado 26/10/2019 20:55

O município de Viçosa, na zona da mata de Minas Gerais, foi castigado por fortes chuvas na madrugada deste sábado (26/10/2019). Segundo o Corpo de Bombeiros, a tempestade causou pelo menos uma morte, a de um homem de 50 anos. Ele foi arrastado pela enxurrada em um córrego na rua da Conceição, no bairro de mesmo nome.

O córrego onde o homem se afogou chama-se São Bartolomeu. “A guarnição encontrou o corpo de Roberto Rodrigues do Vale, 50 anos, já sem vida, dentro das águas do Córrego, as causas ainda estão sendo apuradas”, afirmou, em nota, o Corpo de Bombeiros.

“Houve várias chamadas em decorrência de quedas de árvores e obstruções na rede de fornecimento de energia elétrica”, disse a corporação.

As rajadas de ventos atingiram intensidade superior a 100 km/hora.

Destruição na UFV
O temporal também causou destruição no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV), com salas e laboratórios inundados, queda de energia e árvores arrancadas, entre outros estragos. Aulas e exames foram cancelados.

Neste sábado, em comunicado, o Ministério da Educação lamenta a destruição de parte do campus da UFV e informa que vai descentralizar recursos para reparar os danos causados pela tempestade.

O MEC vai repassar à UFV inicialmente o valor de R$ 5 milhões para o conserto dos prédios do campus, equipamentos e laboratórios de pesquisa.

Últimas notícias