Categorias: Brasil

Em briga de trânsito, bombeiro de folga mata homem a tiros

Um bombeiro militar que estava de folga e sem a farda da corporação matou um homem, na tarde deste sábado (14/12/2019), na Zona Leste de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o crime teria ocorrido após uma briga de trânsito.

As informações são do portal Uol.

Gregory Rodrigues é soldado da Polícia Militar, lotado no 5º Grupamento de Bombeiros e trafegava pela rua Doutor José Porciúncula, quando se envolveu em uma briga com Carlos Fortunato.

Segundo a Polícia Civil, a investigação vai apurar como a discussão evoluiu para um disparo de arma de fogo, resultando em uma vítima fatal.

O tiro partiu de uma pistola da marca Taurus calibre .380 e atingiu o ombro de Fortunato. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil informou que a arma que Gregory portava no momento do episódio era particular.

O caso será investigado pela Corregedoria da Polícia Militar e pela Polícia Civil.

Da Redação

Últimas notícias

José de Abreu faz pose com noiva na academia: “Odiava malhar”

O casal está curtindo momentos românticos em Singapura

1 minuto passados

Inep: até 40 mil candidatos podem ter tido notas erradas no Enem

Funcionários do Inep passaram a madrugada identificando ao menos quatro falhas em contabilização de notas

10 minutos passados

Brasil retoma busca pelo ouro olímpico desfalcado de estrelas

A equipe treinada pelo técnico André Jardine enfrenta o Peru a partir das 22h30 deste domingo

20 minutos passados

É apaixonado por queijo? Veja 19 pratos de dar água na boca

Da entrada à sobremesa, o versátil ingrediente se aplica em diversos preparos. O Dia do Queijo será celebrado no próximo…

45 minutos passados

Arquiteta cria vestido de horta vertical irrigado por urina

A canadense Aroussiak Gabrielian utiliza o corpo humano como fonte de nutrientes e o solo para a produção de alimentos

49 minutos passados

Enem: notas podem ser alteradas por “inconsistência” em gabaritos

Segundo Abraham Weintraub, até a próxima segunda-feira tudo será resolvido

55 minutos passados