Em áudio, ministro do TCU cita “movimento forte em casernas”

Augusto Nardes afirmou que, em breve, ocorrerá “desenlace bastante forte na nação”, com consequências “imprevisíveis”

Em áudio enviado a amigos pelo WhatsApp, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes afirmou que é “questão de horas, dias, no máximo, uma semana, duas, talvez menos para que um desenlace bastante forte na nação ocorra”. Ele citou o presidente Jair Bolsonaro (PL), que perdeu as eleições e enfrentaria um ferimento na perna, mas que “certamente terá condições de enfrentar o que vai acontecer no país”.

Nardes fala sobre um “movimento muito forte nas casernas”, sobre o qual ele não poderia falar muito após ter conversado “longamente com o time de [Jair] Bolsonaro esta semana”. O ministro afirma, ainda, sentir que a situação pode acabar em “um conflito social na nação brasileira”.

No áudio, o ministro do TCU define a sociedade brasileira como conservadora  e que “Bolsonaro despertou a sociedade conservadora, e hoje todo mundo está nas ruas fazendo a defesa desses princípios”.

Ouça o áudio:

Nantes não deixa de citar o momento em que liderou, como presidente do TCU, o processo que rejeitou as contas do governo de Dilma Rousseff (PT), que se tornou base para o impeachment da presidente. O ministro diz ter conseguido desmontar “essas estruturas que eles conseguiram remontar agora, baseado na estrutura que tinha já ficado, que foi muito longa”.

O ministro ainda reclama que petistas “nunca aceitaram o diálogo” e “foram para um confronto”, que agora seria “decisivo”. “Tudo se mostra que vai acontecer novamente. Tudo muito nebuloso em relação ao futuro do país”, diz.

Deputado do PT reage

Deputado federal e secretário-geral do PT, Paulo Teixeira afirmou pelas redes sociais que pedirá a convocação de Nardes “para explicar o áudio atribuído a ele, que o envolve em conspiração golpista”.