metropoles.com

Elizeta Ramos assume PGR interinamente enquanto Lula não escolhe nome

Sucessora temporária de Augusto Aras na PGR, Elizeta Ramos assumiu o cargo por ser vice-presidente do Conselho Superior do MPF

atualizado

Compartilhar notícia

Leonardo Prado/Secom/PGR
Em foto colorida, a subprocuradora Elizeta Ramos
1 de 1 Em foto colorida, a subprocuradora Elizeta Ramos - Foto: Leonardo Prado/Secom/PGR

A vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal e subprocuradora-geral, Elizeta Maria de Paiva Ramos, assume, nesta quarta-feira (27/9), o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR) interinamente. Ela ocupará o cargo enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não indicar um substituto para Augusto Aras, que teve mandato concluído nessa terça-feira (26/9).

Elizeta Ramos ocupa o cargo porque é inerente ao presidente do Conselho Superior substituir o presidente do MP em seus impedimentos e em caso de vacância. Por isso, não é necessária cerimônia de mudança de cargo e a nova procuradora-geral da República já começa imediatamente a trabalhar.

Apesar das especulações sobre ocorrer uma indicação já nesta semana, Lula disse que não tem pressa e só deve bater o martelo após cirurgia que fará no quadril, que será realizada na sexta-feira (29/9). O petista revelou que espera retornar ao trabalho na próxima segunda-feira (2/10).

Lula já demonstrou publicamente que não tem intenção de seguir a lista tríplice apresentada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), com os nomes dos subprocuradores-gerais da República Luiza Frischeisen, Mario Bonsaglia e Nicolao Dino, o que vinha sendo feito tradicionalmente no Brasil até a gestão de Jair Bolsonaro (PL), que não obedeceu à lista da ANPR para escolher Aras.

Interina e elogios a Moro

Enquanto isso, Elizeta Ramos segue no comando da instituição. Ela foi eleita para a vice-presidência do CSMPF em 5 de setembro, por aclamação. É ainda coordenadora da Câmara de Controle Externo da Atividade Policial e Sistema Prisional (7CCR). No MPF, já atuou como corregedora-geral, procuradora Eleitoral substituta, integrante da Câmara Criminal (2CCR) e coordenadora da Câmara de Direitos Sociais e Fiscalização de Atos Administrativos em Geral (1CCR).

A nova interina da PGR tem em seu currículo, ainda, a defesa pública da nomeação de Sergio Moro para o Ministério da Justiça de Jair Bolsonaro, em meados de 2018.

Após Moro ser anunciado por Bolsonaro como futuro integrante de seu governo, Elizeta assinou, junto a outros 153 procuradores, uma nota de apoio à nomeação do então juiz da Lava Jato como ministro da Justiça. O caso foi lembrado na coluna do Metrópoles de Igor Gadelha.

O documento traz uma série de elogios para Moro, ressaltando um “extraordinário desprendimento pessoal, em benefício do Brasil e dos interesses da sociedade” do magistrado.

“Sem dúvida, com a indicação, o presidente eleito reafirma concretamente o seu compromisso com o combate à corrupção e à insegurança pública, que tantos males têm causado ao povo brasileiro”, diz a nota assinada pela subprocuradora.

Lula sem pressa

Embora o presidente da República tenha ressaltado não ter pressa na indicação, nos últimos meses se fortaleceram no cenário como possíveis indicados pelo presidente os nomes dos subprocuradores Paulo Gonet e Antônio Carlos Bigonha.

Mas também surgem como possibilidades o subprocurador Carlos Frederico Santos, que atua no julgamento dos réus das invasões golpistas do 8 de Janeiro, e o subprocurador Luiz Augusto dos Santos Lima, que integra a atual equipe de Aras na PGR.

Qualquer um que seja indicado terá que passar por sabatina no Senado Federal. O presidente da Casa Alta, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nessa segunda-feira (25/9) que pretende realizar a sabatina o quanto antes, assim que Lula indicar um nome.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações