metropoles.com

TCU entrega dados sobre a máquina federal à equipe de Lula na quarta

Os dados foram solicitados ao TCU pelo grupo de Lula, liderado pelo vice-presidente eleito Geraldo Alckmin

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Twitter
Lula ministro do TCU, Bruno Dantas
1 de 1 Lula ministro do TCU, Bruno Dantas - Foto: Reprodução/Twitter

O presidente em exércicio do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Bruno Dantas, entregará na próxima quarta-feira (16/11) dados sobre a situação dos órgãos da administração federal do atual governo à equipe de Transição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O grupo do futuro presidente do Brasil, está dividido em 31 grupos técnicos e fará uso das informações para fazer um diagnóstico de cada área da máquina pública.

Os dados foram solicitados pelo vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB). Ao TCU, ele solicitou a cópia de relatórios, tomadas de contas, auditoria, inspeção, levantamento, monitoramento e outros documentos que podem ser importantes para o andamento do trabalho do Gabinete de Transição.

O documento será entregue a Alckmin na quarta, na sede do grupo de transição, locada no CCBB, em Brasília. O ministro Bruno Dantas deve encontrar o pessebista às 16h30, conforme apurou o Metrópoles. O vice-presidente também receberá informações atualizadas da situação das obras públicas em curso no país.

O TCU também deve entregar um parecer prévio referente às contas de 2021 do governo Jair Bolsonaro. O material aponta que as contas devem ser aprovadas com ressalvas e destaca a existência de “desconformidades”, como a falta de transparência das emendas de relator por meio do chamado orçamento secreto, utilizado pelo atual governo para cooptar o apoio de parlamentares no Congresso Nacional.

TCU na Transição

Pela primeira vez, o Tribunal de Contas da União instalou um comitê para garantir a transição de governo. Neste caso, acompanhará a mudança de gestão de Jair Bolsonaro (PL) para o petista Lula, que venceu em segundo turno.

A criação do grupo foi oficializada em portaria um dia antes do pleito eleitoral, em 30 de outubro.

“O TCU tem larga tradição na fiscalização do cumprimento da lei. O arcabouço normativo que fixa padrão civilizado para a transição de governos no saudável rito periódico de alternância de poder é um patrimônio da democracia brasileira e merece o máximo de atenção de todas as instituições”, disse o presidente do TCU, ministro Bruno Dantas.

O processo está sob a relatoria do ministro Antônio Anastasia. Indicado por Bolsonaro, o ministro Jorge Oliveira também participará da comissão. A ideia é que o grupo se torne permanente e também atue nas próximas transições.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?