Comandantes das PMs asseguram a Moraes: “Tropas estão sob controle”

Presidente do TSE convocou os 27 comandantes das polícias militares para discutir sobre segurança e disciplina durante as eleições

atualizado 24/08/2022 19:26

Alexandre de moraes olha para baixo durante a posse no TSE eleiçoes 2022 Igo Estrela/Metrópoles

Em reunião nesta quarta-feira (24/8), os 27 comandantes das polícias militares garantiram ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, que as tropas estão disciplinadas e preparadas para manter a segurança durante as eleições deste ano.

Em entrevista à imprensa na saída do encontro, o comandante da PM de Rondônia, coronel James Padilha, afirmou que os chefes tranquilizaram Moraes e reforçaram estar tudo sob controle. “Cada um dos comandantes foi enfático, em uníssono, em externar que as tropas estão sob controle. Nós temos tropas disciplinadas”, assegurou.

Para os comandantes, a reunião expõe preocupação da Justiça Eleitoral com possíveis casos de violência antes, durante ou depois dos resultados. Além disso, há receio sobre o comportamento de policiais militares. Padilha, no entanto, reiterou imparcialidade das corporações frente ao pleito de outubro.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

“Somos instituições do Estado. E não poderia ser diferente. Em relação ao momento, nós temos total isenção, imparcialidade e tranquilidade para dizer a todos que estamos em condição de proporcionar toda segurança e tranquilidade que a população precisa para poder exercer livremente o direito ao voto”, garantiu o comandante.

O ministro Alexandre de Moraes também pediu para que os chefes apresentassem o planejamento para os dias de votação, em 2 de outubro e — em possibilidade de segundo turno — 30 de outubro.

Mais lidas
Últimas notícias