AP: veja como ficaram as chapas para concorrer ao governo local

O Amapá teve quatro nomes lançados ao governo. Os partidos têm até 15 de agosto para registrar as candidaturas no TSE

atualizado 05/08/2022 20:49

Palácio do Setentrião, sede do governo amapaenseMárcio Pinheiro / Secom governo do Amapá

A sexta-feira (5/8) foi o último dia para os partidos lançarem as chapas com candidatos que pretendem concorrer às vagas de presidente de vice-presidente da República, governador e vice, senador e deputados federal e estadual.

A partir dos nomes lançados nas convenções partidárias, o Metrópoles reuniu os postulantes colocados para concorrerem a um cargo majoritário em cada uma das 27 unidades da Federação. Conheça as chapas lançadas até o momento para o Amapá.

Embora tenha acabado o prazo para a realização de convenções, os partidos têm até 15 de agosto para registrar os nomes dos candidatos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais.

O primeiro turno das eleições está marcado para 2 de outubro e um eventual segundo turno, para 30 do mesmo mês.

Presidente, governador e senador: veja quem são os pré-candidatos nas Eleições 2022

Confira as chapas formadas em Mato Grosso do Sul e anunciadas em convenção:

  • PSD
    Candidato ao governo: Jaime Nunes (PSD)
    Candidato a vice-governador: ainda não foi definido
    Candidato ao Senado: ainda não foi definido
  • Solidariedade
    Candidato ao governo: Clécio Luís (SD)
    Candidato a vice-governador: Antônio Teles Júnior (PDT)
    Candidato ao Senado: Davi Alcolumbre (União Brasil)
  • PSTU
    Candidato ao governo: Professor Gianfranco Gusmão (PSTU)
    Candidato a vice-governador: Ana Paula (PSTU)
    Candidato ao Senado: ainda não foi definido
  • PCO
    Candidato ao governo: Jairo Palheta (PCO)
    Candidato a vice-governador: Eliana Brandão (PCO)
    Candidato ao Senado: ainda não foi definido

Mais lidas
Últimas notícias