Tanque está vazio? Petrobras aumenta preço da gasolina em 12%

Estatal subiu pela terceira vez seguida o valor nas refinarias; reajuste começa nesta quinta-feira (21/05)

A Petrobras informou que vai aumentar em 12% o preço da gasolina vendida nas refinarias a partir desta quinta-feira (20/05). Esta é a terceira vez seguida que a estatal decide subir o preço da gasolina.

No acumulado do ano, o valor da gasolina caiu 34,2%. O último reajuste negativo ocorreu em 21 de abril, quando houve queda de 8%. Desde então, os preços subiram entre 10% e 12%.

O preço do diesel, desta vez, não sofreu alteração. Isso porque houve reajuste de 8% já nessa terça-feira (19/05).

Bolso

A política de reajuste da Petrobras não afeta de imediato o valor pago pelo brasileiro nos potos de combustíveis. O preço final ao consumidor depende também de impostos estaduais e federais, além da margem de distribuição e revenda, por exemplo.

Levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aponta que o preço médio pago hoje pelo consumidor é de R$ 3,808.

O valor é menor se comparado ao mês passado, por exemplo. Em 25 de abril, o combustível era encontrado a R$ 3,992.

Coronavírus

O preço da gasolina foi bastante afetado pela pandemia do novo coronavírus, como registrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A demanda caiu com a pandemia em decorrência das medidas de isolamento. Além disso, os preços dos barris de petróleo internacionais caíram com o início da crise. As negociações chegaram a valores negativos.

1/7
Divulgação
Rafaela Felicciano/Metrópoles
Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles
Divulgação
Carro durante abastecimento em posto do Distrito Federal
Gasolina sobe a partir desta quinta-feira (21/05) no DDF