Salário de servidores do DF aumentou 85% desde 2004. Veja ranking

Remuneração registrou uma leve queda após 2014, quando a crise econômica se intensificou no país

O salário dos servidores do Distrito Federal cresceu 85% entre 2004 e 2018, aponta estudo do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) publicado nesta quinta-feira (23/04).

A elevada taxa de crescimento faz da capital a 13° unidade federativa com maior aumento na remuneração dos servidores públicos. Em todo o país, a elevação foi de 80%. Veja o ranking.

A pesquisa considerou o valor já deflacionado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Leia o estudo completo aqui.

Ao se analisar a linha histórica, o aumento registrado no DF ocorreu até 2014, estopim de uma crise econômica nacional. Após esse ano, o salário médio dos servidores distritais diminuiu cerca de 6%.

Essa baixa da remuneração após a crise não ficou restrita ao DF. Isso porque outros oito estados também registraram queda depois de 2014.

“Enquanto o DF endureceu consideravelmente as políticas salariais no pós-crise, reajustes relativamente generosos continuaram sendo concedidos em outros estados”, diz o estudo.

No Mato Grosso, por exemplo, a remuneração dos servidores cresceu 37% após 2014. Desde 2004, o aumento foi de 141%.

Veja o ranking por estado:
  • Mato Grosso: 141%
  • Paraná: 129%
  • Mato Grosso do Sul: 127%
  • Pará: 120%
  • Minas Gerais: 119%
  • Santa Catarina: 115%
  • Goiás: 104%
  • Pernambuco: 93%
  • Tocantins: 91%
  • Maranhão: 89%
  • Bahia: 88%
  • Rio Grande do Norte: 86%
  • Distrito Federal: 85%
  • Sergipe: 80%
  • Piauí: 73%
  • Rio Grande do Sul: 66%
  • Paraíba: 62%
  • Alagoas: 56%
  • Acre: 55%
  • Espírito Santo: 51%
  • Rio de Janeiro: 40%
  • Rondônia: 37%
  • São Paulo: 36%
  • Ceará: 35%
  • Amazonas: 21%