ONS alerta para “esgotamento” de recursos energéticos em novembro

Órgão prevê disponibilidade térmica menor e mais "realista" para atender a demanda de energia do país

atualizado 23/07/2021 16:03

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) emitiu um alerta sobre os desafios que o país enfrentará no setor elétrico neste ano diante da crise hídrica nos reservatórios de hidrelétricas. O órgão prevê que, em novembro, ocorra o esgotamento de praticamente todos os recursos energéticos.

Conforme nota técnica publicada na noite de quinta-feira (22/7), o ONS verificou uma menor e mais “realista” disponibilidade térmica para atender a demanda de energia no país.

Segundo o órgão, isso “resulta em uma degradação dos níveis de armazenamento ao final do período seco quando comparado com os resultados do estudo prospectivo anterior, em especial dos subsistemas Sul e Nordeste”.

0

“Com relação ao atendimento aos requisitos de potência, observam-se sobras bastante reduzidas no mês de outubro, com o esgotamento de praticamente todos os recursos no mês de novembro”, declarou o ONS.

O aumento do uso da carga, conforme apontou a nota, ocorre por causa do crescimento das atividades do comércio, de serviços e da retomada da produção industrial, com a flexibilização das medidas de distanciamento social instituídas contra a pandemia da Covid-19.

O ONS também frisou que “embora o estudo indique que até o fim de 2021 a situação permanecerá sensível, o Operador está acompanhando os desdobramentos das ações já em curso e atuando dentro de suas atribuições para aumentar a oferta das fontes de energia e garantir que não haja a suspensão do suprimento elétrico”.

O país enfrenta a pior crise hidrológica de todo o histórico de vazões dos últimos 91 anos, de acordo com o governo federal.

Últimas notícias