Dólar nas alturas: moeda norte-americana bate recorde e fecha a R$ 5,86

Depois de um dia em queda, valor da moeda passou a subir diante das polêmicas envolvendo o vídeo da reunião de Bolsonaro

Em um novo dia de tensões políticas em Brasília, o dólar fechou esta terça-feira (12/05) batendo um novo recorde: R$ 5,86.  A alta surpreendeu o mercado financeiro, uma vez que a moeda passou a maior parte do dia em queda.

Foi no meio da tarde, quando já rumava para o fechamento da Bolsa, que a moeda norte-americana subiu e fechou em alta de 0,86%, novo recorde nominal, ou seja, sem considerar a inflação. Além das complicações políticas, influenciou, também, a piora do sinal em Wall Street.

O dólar turismo fechou a R$ 6,0767, sem considerar o IOF. No mês, a alta acumulada é de 7,89% e, no ano, o avanço chega a 46,37%.

Os acontecimentos políticos em Brasília, como o depoimento de três ministros de governo sobre o vídeo da reunião com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), influenciaram a alta nesta terça-feira (12/05). Pesa sobre o chefe do Executivo a suspeita de que, em encontro ministerial, ele teria sinalizado o interesse em trocar o diretor-geral da Polícia Federal no Rio para proteger a família e os amigos próximos.