Dólar chega a R$ 5,92, valor jamais alcançado anteriormente

Moeda norte-americana fechou essa terça-feira (12/05) cotada a R$ 5,86, novo recorde nominal de fechamento

Em meio às crises política e econômica no país, o dólar opera em alta nesta quarta-feira (13/05) e chegou, pela primeira vez na história, a R$ 5,92, valorização de 0,7% na comparação com a abertura do dia.

A moeda norte-americana fechou em alta de 0,9% nessa terça-feira (13/05), a R$ 5,869, batendo um novo recorde nominal (sem descontar a inflação) de fechamento. Isso significa que a moeda nunca chegou a esse valor antes.

1/6
Arquivo/Agência Brasil
EBC
MARCIN ROLICKI/FREE IMAGES
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Michael Melo/Metrópoles
Auxílios financeiros estão sendo distribuídos no país devido à pandemia do novo coronavírus

Só neste ano, influenciado sobretudo pela crise do novo coronavírus, o dólar cresceu mais de R$ 1,80. Em primeiro de janeiro de 2020, era encontrado a R$ 4,01.

Crise política

O dólar começou a subir nessa terça-feira somente a partir das 14h, quando foi divulgada informações de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria defendido a troca do superintende da Polícia Federal (PF) do Rio de Janeiro para proteger a família.

Ao longo do dia, três ministros do governo Bolsonaro, todos eles generais, prestaram depoimento sobre as acusações do ex-ministro Sergio Moro.

Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores brasileira, a B3, registra nesta quarta-feira um leve crescimento de 0,77%. O índice fechou em queda de 1,5% na terça, marcando 77,8 mil pontos. Durante o dia, chegou a subir, mas não resistiu e encerrou o pregão em baixa.

No cenário internacional, bolsas asiáticas fecharam o dia com alta, como na China e na Índia. Na Europa, contudo, mercados registram queda generalizada. A CAC 40 (França) e DAX (Alemanha) têm baixa de 1,5% e 1,3%, respectivamente.