Caixa libera abono do PIS de até R$ 998 para nascidos em dezembro

Os alvos são trabalhadores da iniciativa privada que têm conta-corrente ou poupança no banco

DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

atualizado 10/12/2019 9:56

A Caixa Econômica Federal começou a pagar nesta terça-feira (10/12/2019) o sexto lote do abono salarial do PIS. Os beneficiados são trabalhadores da iniciativa privada nascidos em dezembro e que têm conta-corrente ou poupança no banco. O depósito é feito automaticamente.

Aqueles que não são clientes do banco terão o dinheiro liberado na quinta-feira (12/12/2019). O pagamento será feito na boca do caixa.

A abono do Pasep – destinado a servidores, militares e funcionários de empresas públicas – não será depositado neste mês. Os pagamentos, que são realizados pelo Banco do Brasil, serão retomados em 14 de janeiro. Na ocasião, os alvos serão os que têm final de inscrição 4.

Quanto é o benefício?
Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com a quantidade de dias trabalhados em 2018. Assim, para ter direito ao abono salarial, é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano passado, com remuneração média de até dois salários mínimos.

O trabalhador tem de estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos. Além disso, é preciso ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Veja a tabela:

  • 1 mês de trabalho – R$ 84
  • 2 meses de trabalho – R$ 167
  • 3 meses de trabalho – R$ 250
  • 4 meses de trabalho – R$ 333
  • 5 meses de trabalho – R$ 416
  • 6 meses de trabalho – R$ 499
  • 7 meses de trabalho – R$ 583
  • 8 meses de trabalho – R$ 666
  • 9 meses de trabalho – R$ 749
  • 10 meses de trabalho – R$ 832
  • 11 meses de trabalho – R$ 915
  • 12 meses de trabalho – R$ 998

Como sacar o PIS?
Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir até: 1. casa lotérica; 2. ponto de atendimento Caixa Aqui; ou 3. terminais de autoatendimento da Caixa.

Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta, o valor pode ser retirado em qualquer agência da Caixa. É preciso apresentar documento de identificação oficial com foto.

Últimas notícias