Caixa encerra crédito do 4º ciclo do auxílio e paga 5,1 milhões de pessoas

Trabalhadores em geral nascidos em dezembro e beneficiários do Bolsa Família com NIS igual a 4 terão o dinheiro depositado na conta

atualizado 20/11/2020 7:53

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira (20/11), o auxílio emergencial – de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, a depender de quantas parcelas foram recebidas anteriormente pelo beneficiário – a 5,1 milhões de brasileiros.

Desse total, 1,6 milhão de pessoas são beneficiárias do programa Bolsa Família e têm o Número de Identificação Social (NIS) final igual a 4. Esse grupo receberá a oitava parcela, no valor de R$ 300, a cota única.

O dinheiro também vai ser creditado na conta de 3,5 milhões de trabalhadores em geral que se cadastraram no aplicativo ou no site, ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), nascidos em dezembro.

Dessa maneira, 700 mil beneficiários recebem o auxílio emergencial de R$ 600 e outros 2,8 milhão, o auxílio residual de R$ 300. Nesse caso, o valor será creditada na conta Poupança Social Digital.

Os créditos do quarto ciclo se encerram nesta sexta, mas o calendário segue para saques e transferências do benefício. No total, estão previstos seis ciclos de créditos.

Sou do Bolsa Família

O pagamento do auxílio emergencial obedece ao calendário habitual do Bolsa Família, que é depositado nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o NIS final do beneficiário.

Dessa maneira, quem se encaixa nas regras do auxílio e recebeu a primeira parcela logo em abril vai ganhar a oitava parcela entre essa terça-feira (17/11) e o dia 30 de novembro.

Na segunda-feira (23/11), a Caixa Econômica depositará o auxílio emergencial para os beneficiários com NIS igual a 5 e na sexta (24/11), aos que tem NIS igual a 6, e assim sucessivamente.

Calendário do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família
Calendário do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Os depósitos seguem até dezembro de 2020, afirma o Ministério da Cidadania. No total, as pessoas poderão receber até nove parcelas, sendo cinco de R$ 600 e outras quatro de R$ 300.

O dinheiro será depositado da mesma forma que o benefício regular. Dessa maneira, é preciso usar o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Não sou do Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira (20/11), o auxílio emergencial para 3,5 milhões de trabalhadores nascidos em dezembro. O pagamento faz parte do quarto ciclo de crédito.

Desses, 700 mil beneficiários recebem o auxílio de R$ 600 (ou de R$ 1,2 mil, em caso de mulher chefe de família). O valor é referente a uma das cinco primeiras parcelas do benefício.

A Caixa Econômica paga o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (ou de R$ 600, em caso de mãe chefe de família) a 2,8 milhões de beneficiários, que, na prática, receberam a primeira cota em abril ou maio.

O crédito será feito na conta Poupança Social e o dinheiro deverá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. No primeiro momento, o auxílio ficará limitado ao uso digital, como pagamentos de boletos e contas.

As opções de saque e transferência serão liberadas para os nascidos em dezembro apenas a partir de 5 de dezembro. Na ocasião, também será possível sacar o dinheiro do terceiro ciclo de crédito.

O cronograma está organizado de acordo com o mês de nascimento, independentemente de qual número da cota do auxílio será paga. Confira os calendários de depósitos e saques do terceiro e do quarto ciclos:

0

O saque do benefício poderá ser feito nas máquinas de autoatendimento, nas unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, além de ser possível transferir valores para contas da Caixa ou de outros bancos.

Para sacar, é preciso fazer o login no app Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código na tela do celular.

O código, que tem validade de uma hora, deve ser usado nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Últimas notícias