Deputados pedem que tiros em sessão sejam analisados pela corregedoria

Deputado João Henrique Catan (PL) disparou arma durante sessão no MS contra comunismo e causou polêmica

atualizado 18/05/2022 17:03

Deputado João Henrique Catan (PL) deu tiros durante sessãoReprodução/Facebook

Os deputados estaduais Pedro Kemp (PT) e Paulo Duarte (PSB) pediram que a Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul se posicione e que a Corregedoria analise se houve quebra de decoro por parte do deputado João Henrique Catan (PL).

Durante participação remota na sessão dessa terça-feira (17/5), ele deu três tiros em um alvo ao votar a favor de um projeto sobre o risco da atividade de atirador desportivo. O parlamentar disse que os tiros seriam “de advertência no comunismo”.

Confira mais informações no Topmídia News, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias