Dentista é afastada por gritar e ameaçar criança em atendimento. Vídeo

Caso aconteceu em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Jarinu, no interior de São Paulo. Prefeitura investiga

atualizado 05/10/2022 17:11

foto colorida de criança recebendo atendimento odontológico Reprodução/Redes

Uma dentista foi afastada de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Jarinu, no interior de São Paulo, após ser denunciada por gritar e ameaçar uma criança de 6 anos durante atendimento na última quinta-feira (29/9).

A denúncia foi feita pela mãe da menina, Adriana Santos. A responsável também publicou, nas redes sociais, vídeos do ocorrido. No registro, a menina chora e reclama de dor. A dentista, então, a adverte e ameaça apertar sua língua.

“Lorena, por favor, tá? Por favor. Eu vou ter que apertar sua língua porque você está mexendo. É, está doendo, eu estou apertando mesmo, vou apertar mais ainda”, diz.

Em outro momento, a criança, ainda chorando, diz que a boca está sangrando, e é advertida pela dentista mais uma vez. “Está saindo sangue, sim, pois eu estou mexendo. Eu estou mexendo para te ajudar. E quanto mais você mexe, mais sangue vai sair porque você está se machucando. Não sou eu que estou te machucando. É você”, responde.

Veja:

A mãe, que acompanhava, contou que a menina precisou ir à UBS porque estava com gengiva inflamada devido a uma obturação feita de forma errada. Ela também afirmou que não interferiu no atendimento porque ficou sem reação e teve medo de que a dentista machucasse ainda mais a filha.

Dentista foi afastada

Em nota, a prefeitura de Jarinu informou que abriu uma sindicância para investigar a denúncia. A profissional foi afastada.

Veja a nota:

“A Prefeitura de Jarinu, por meio da Secretaria de Saúde, informa que, ao tomar conhecimento do ocorrido, imediatamente afastou os profissionais de Saúde envolvidos e iniciou a investigação do caso.

Na última sexta-feira (30), foi aberta sindicância administrativa e todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas.

A mãe foi prontamente contatada, após a ciência do ocorrido, e tem recebido toda a assistência necessária. A criança recebeu encaminhamento para atendimento psicológico e também já passou por novo atendimento odontológico.”

Mais lidas
Últimas notícias