*
 

Na data em que o estado de Pernambuco comemora o Dia do Frevo, 9 de fevereiro, Olinda celebrará o segundo dia de Carnaval oficial, com muita festa e condecorações. A folia desta sexta-feira começa às 18h, na Praça do Carmo, ao som da orquestra Villa-Lobos. Às 20h, será a vez da orquestra Henrique Dias, seguida, às 21h, pela orquestra Maestro Ozéias.

As festividades contarão com homenagem aos maestros Clóvis, Henrique Dias, Ozéias, Carlos, Cézar e Serginho. Os mestres de frevo de Olinda também serão reverenciados durante a comemoração. Na lista estão os professores Wagner, Carlinhos, Walquíria, Beto, Vera, Mateus Ramos, Adriana do Frevo, Daniel e Alexandre Spain.

Desde 2012, o frevo pernambucano é considerado Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O gênero musical urbano surgiu no fim do século 19, no carnaval, como forma de expressão popular.

O frevo mistura gêneros musicais, danças, capoeira e artesanato, tendo sido inscrito pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Brasileiro em 2007.

As atrações começaram as apresentações às 19h no Polo Tito Lívio (Praça do Carmo, na Av. Liberdade — próximo ao Coreto) e encerram às 21h.