Colecionador de armas pode ser assassino de morador de rua em SP

Na noite do crime, o atirador desceu de um carro de luxo prata. Ele disparou pelo menos cinco vezes contra a vítima

atualizado 21/05/2019 13:08

Dez dias após o assassinato do morador de rua Sebastião Lopes, 40 anos, a Polícia Civil de São Paulo tem os primeiros indícios do autor do crime. Os investigadores levantaram ao menos dois nomes, mas as identidades não foram divulgadas. O crime ocorreu em 11 de maio, na Rua Visconde de Mauá, em Santo André, no ABC Paulista.

Na noite do crime, o atirador, que estava do lado do passageiro, desceu de um carro de luxo prata e disparou pelo menos cinco vezes contra o morador de rua. Sebastião tentou fugir, mas morreu no local. O atirador voltou correndo para o veículo e fugiu.

A polícia pediu a prisão temporária do suspeito. Os investigadores apuram se ele é um empresário colecionador de armas. Na casa dele, a polícia encontrou duas armas, que serão periciadas para saber se alguma delas foi usada no crime.

Sebastião trabalhava com reciclagem de lixo e fazia serviços em uma obra. O morador de rua se abrigava em uma residência desocupada, na rua Visconde de Mauá.

A Polícia Civil também apura a motivação do crime. Já se sabe que Sebastião foi observado de longe pelo atirador. O caso foi registrado no 1º DP de Santo André, e a polícia civil investiga a autoria do crime.

Veja o momento em que o homem atira contra o morador de rua:

Últimas notícias