Coaf: diretor da Precisa movimentou R$ 2 mi por mês de forma “atípica”

Quebra de sigilo bancário de Danielo Trento foi determinada pela CPI da Covid-19

atualizado 03/09/2021 13:22

coafRaimundo Sampaio/Especial para o Metrópoles

Diretor da Precisa Medicamentos e sócio da empresa Primarcial Holding e Participações, Danilo Trento movimentou até R$ 2 milhões por mês, segundo um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

De acordo com a análise, divulgada pelo O Globo, Trento fez transações mensais de R$ 1,8 milhão nas suas contas empresariais e R$ 198 mil nas contas de pessoa física. O valor é 20 vezes o salário do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Também é superior aos R$ 3,9 milhões movimentados pelo presidente da Precisa, Francisco Maximiano.

O relatório do Coaf foi enviado à CPI da Covid, que determinou a quebra do sigilo bancário de Trento. De outubro de 2020 a abril de 2021, o diretor da empresa recebeu créditos de R$ 1,6 milhão em uma conta de pessoa física. Em outra conta, foram R$ 2,1 milhões de agosto de 2020 a junho de 2021.

Mais lidas
Últimas notícias