Samsung Galaxy A9, primeiro celular com 4 câmeras, chega por R$ 3.199

Modelo conta com uma câmera principal de 24MP e outras lentes grande-angular, teleobjetiva com zoom 2x e um sensor de profundidade

Samsung/DivulgaçãoSamsung/Divulgação

atualizado 22/01/2019 21:44

São Paulo (SP) – Um celular que tem tudo para agradar os fãs da fotografia. Assim é o Galaxy A9, modelo da Samsung que acaba de chegar ao Brasil de olho no público que curte capturar imagens pelo smartphone. O equipamento é o primeiro do mundo a contar com quatro câmeras, cada uma voltada para uma necessidade específica do usuário.

O conjunto vem com quatro lentes localizadas na parte traseira: a principal, de 24 megapixels e abertura de f/1.7; a grande-angular, de 8MP, f/2.4 e ângulo de 120 graus; a teleobjetiva de 8MP, f/2.4 e zoom óptico de 2x; e um sensor de profundidade (para desfoque) de 5MP e f/2.2. Sem contar a câmera frontal, específica para a realização de selfies a 24MP e f/2.0.

Mas, com tantas lentes, como escolher a mais apropriada e não errar na hora do clique? Não precisa se preocupar. Um recurso batizado de “AI Scene Recognition”, ou reconhecimento de cena por meio de inteligência artificial, identifica o que será fotografado (pessoa, paisagem, comida, etc.) e ajusta automaticamente as melhores configurações. “Ele é capaz de reconhecer 19 cenas diferentes e faz a adaptação das cores e contrastes para entregar o melhor resulta, sem precisar usar um editor de imagem posteriormente”, explica Renato Citrini, gerente sênior de produto da Samsung Brasil. O modo selfie também permite adicionar efeito desfoque e iluminação de estúdio.

Fernando Braga/Metrópoles
Renato Citrini, da Samsung: inovação tecnológica de câmera quádrupla chega primeiro no segmento intermediário


Intermediários prestigiados

O consumidor mais atento pode se questionar porquê a Samsung resolveu revelar um incremento tão substancial justamente num modelo intermediário, sem levar a novidade da câmera quádrupla primeiramente para a família premium S para só depois oferecê-lo em outros celulares mais acessíveis. O movimento faz parte de um novo posicionamento global da marca que visa tornar a linha de dispositivos médio mais atraente.

No fim de 2018, durante entrevista à rede norte-americana CNBC, o CEO da companhia, DJ Koh, anunciou a decisão. “No passado, oferecíamos novas tecnologias para os modelos principais, só depois é que levávamos para os (dispositivos) intermediários. No entanto, a partir desse ano mudamos nossa estratégia e passamos a trazer os diferenciais tecnológicos a partir do segmento médio”, salientou.

Segundo Renato Citrini, a mudança se faz necessária, uma vez que o mercado de telefonia móvel vem mudando de forma rápida. “As inovações tecnológicas vem chegando de forma tão rápida que não dá mais para esperar tanto tempo para lançar um recurso em um modelo premium e aguardar um tempo para disponibiliza-lo em outros segmentos”, conta.

Armazenamento e tela
Para dar conta de tantas fotos e vídeos que serão criados pelo usuário, o Galaxy A9 vem com 128GB de armazenamento. Nada mal para um modelo mid-end com foco na produção de conteúdo pessoal. Quem precisar de mais espaço, basta inserir um cartão de memória microSD de até 512 GB e expandir ainda mas a capacidade do celular.

A exibição do que é feito fica por conta de uma tela Super Amoled de 6,3 polegadas. As cores, brilho e contraste deixam tudo ainda mais bonito, revelando todo o poder da resolução Full HD+ (2220 x 1080 pixels).

Processador e memória
Por dentro, um conjunto que promete fazer bonito no quesito desempenho. O Snapdragon 660 octa-core permite alcançar um velocidade de até 2,2 GHz. Já quando o assunto é memória RAM, a Samsung traz 6 GB, garantindo uma performance pra lá de satisfatória com aplicativos do dia a dia ou com games, editores de vídeos/fotos e programas que exijam um maior poder de processamento do aparelho.

Design e público
O desenho do Galaxy A9 permanece com as mesmas características da geração anterior. A fabricante sul-coreana explica que desenvolveu o dispositivo tendo como alvo principal o público millenium, por isso focou em aspectos como estilo de vida e energia.

As cores azul, rosa e preto ficam mais vivas na mistura de metal e vidro que compõem o corpo do aparelho, criando um degradê, que começa com um tom mais sólido até chegar num aspecto mais ameno, expressando uma certa vibração, típica da geração Y. A tecnologia de áudio Dolby Atmos fornece uma experiência imersiva, dando a sensação de que o som envolve o usuário.

“Trata-se de um consumidor com comportamento diferenciado. Segundo pesquisa Global Webindex, 97% assistem e compartilham vídeos, enquanto 82% usam streaming de música. Por isso temos que trabalhar de maneira diferenciada, focando nesses quesitos”, explica Loredana Sarcinella, diretora sênior de marketing da Samsung Brasil.

As curvas, cada vez mais conhecidas e alinhadas com o conceito visual da Samsung, garantem uma boa pegada, com conforto e ergonomia para manusear o aparelho nas mais diversas ocasiões. Um revés é que o modelo não conta com IP68, sistema de proteção contra poeira e água.

Funcionalidades
O A9 é o primeiro da família Galaxy A a contar com o Bixby Voice, sistema de comandos de voz que permite acionar uma série de funções. Porém, o recurso só está disponível em inglês.

As bandejas com slots para cartão de memória e dois SIM cards estão localizadas na parte de cima do aparelho, enquanto as conexões P2, USB-C e saídas acústicas ficam na parte de baixo. A bateria de 3.800mAh traz uma boa autonomia, prometendo deixar o consumidor longe das tomadas ao longo do dia.

A questão de segurança não foi deixada de lado. O Galaxy A9 permite o acesso por meio de reconhecimento facial ou sensor digital, localizado na parte traseira. Também traz o recurso de pasta segura, que permite salvar arquivos importantes utilizando uma camada extra de proteção. Por fim, o já conhecido Dual Messenger possibilita utilizar simultaneamente duas contas de apps de bate-papo, como WhatsApp. O modelo está disponível a partir desta semana no varejo e na internet.

Samsung Galaxy A9

Tela: 6,3 polegadas
Processador: Snapdragon 660 (8 núcleos e 2,2 GHz)
Memória RAM: 6 GB
Armazenamento: 128 GB
Resolução: Super AMOLED Full HD+ (2220 x 1080 pixels)
Câmera principal: quadrúpla (20MP, 10MP, 8MP e 5 MP)
Câmera frontal (selfie): 24 MP
Sistema operacional: Android 8 Oreo
Cartão de memória: microSD de até 512 GB
Bateria: 3.800 mAh
Cores: azul, rosa e preto
Preço: R$ 3.199,00

O repórter viajou a convite da Samsung Brasil

Últimas notícias