metropoles.com

Nasa divulga 1ª imagem de exoplaneta feita pelo telescópio James Webb

É a primeira vez que os astrônomos usam o supertelescópio para obter uma imagem de um planeta fora do sistema solar

atualizado

Compartilhar notícia

Nasa/Reprodução
Foto colorida de exoplaneta
1 de 1 Foto colorida de exoplaneta - Foto: Nasa/Reprodução

Nesta quinta-feira (1°/9), a Nasa e a ESA, agências espaciais dos Estados Unidos e da Europa, divulgaram a primeira imagem feita pelo supertelescópio James Webb de um exoplaneta, ou seja, de um planeta fora do sistema solar.

A imagem, vista de quatro filtros de luz diferentes, mostra o exoplaneta HIP 65426 b, como foi nomeado pelos cientistas. Ele é um gigante gasoso, sem superfície rochosa e, por isso, não pode ser habitado.

A estrela branca no interior de cada quadradinho representa a localização da estrela hospedeira do planeta. Ela foi retirada digitalmente da imagem para que a forte luz do astro não bloqueasse a visão do HIP 65426 b.

De acordo com a Nasa, as imagens mostram como o olhar infravermelho do Webb pode facilmente capturar mundos além do sistema solar. A descoberta aponta o caminho para futuras observações importantes que revelarão mais informações sobre exoplanetas.

“Este é um momento transformador, não apenas para o Webb, mas para a astronomia em geral. Obter essa imagem foi como cavar um tesouro espacial”, disse Sasha Hinkley, professora associada de física e astronomia da Universidade de Exeter, no Reino Unido, e líder das observações.

O exoplaneta na imagem capturada pelo Webb foi descoberto por astrônomos em 2017, usando o Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul, no Chile. O HIP 65426 b tem cerca de seis a 12 vezes a massa de júpiter e pode ter de 15 a 20 milhões de anos, enquanto a Terra tem 4,5 bilhões de anos.

Embora as novas imagens aparentam ser de “baixa qualidade” para quem não é da área, agora os astrônomos podem, por meio do Webb, observar novos detalhes sobre o exoplaneta que não poderiam ser captados por telescópios terrestres.

Grandes descobertas

O telescópio espacial James Webb é fruto de uma parceria entre a Nasa, a ESA e a Agência Espacial Canadense (CSA). Ele foi lançado em dezembro de 2021 e passou a enviar as suas imagens para os astrônomos a partir de julho deste ano, com imagens nunca vistas do cosmos.

O Webb, que deverá complementar os registros de outro telescópio espacial chamado Hubble, custou US$ 10 bilhões e tem como intuito observar o processo de formação de estrelas e galáxias. Cientistas de todo o mundo estão empolgados com as futuras descobertas do objeto.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações