Chuvas em BH: Caixa libera FGTS a moradores de áreas atingidas

Para conseguir o benefício, os trabalhadores devem morar em residências com os endereços identificados pela Defesa Civíl

atualizado 26/03/2020 18:49

O atendimento para a liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores de Belo Horizonte, Betim, Nova Lima, Raposos, Rio Acima, Mário Campos e Ibirité, que tiveram casas atingidas pelas chuvas em janeiro deste ano, começou a ser feito pela Caixa nesta quinta-feira (26/03). A consulta está sendo feita pelo App FGTS.

Como forma de prevenir a disseminação do coronavírus, o “saque calamidade pode ser realizado na opção Saque Digital do aplicativo FGTS, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência.

Para conseguir o benefício, os trabalhadores devem morar em residências efetivamente afetadas, com os endereços identificados pela Defesa Civil Municipal.

Também têm que ter em mãos o documento de identificação pessoal e o comprovante de residência em nome do trabalhador emitido nos meses de outubro, novembro ou dezembro/2019.

O valor máximo para saque é de R$ 6.200,00 e o trabalhador deverá possuir conta em FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses.

Ao solicitar o saque pelo aplicativo FGTS, o trabalhador poderá indicar uma conta da Caixa ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.

Últimas notícias