Cerimonial fecha as portas e cancela formaturas. “Sonho perdido”

Uma empresa de Belo Horizonte deu fim ao sonho da festa de formatura de centenas de estudantes

atualizado 04/01/2022 18:07

Chapéu de formatura em mulher

Uma empresa de Belo Horizonte deu fim ao sonho da festa de formatura de centenas de estudantes. O Cerimonial Via Essencial encerrou repentinamente os contratos de mais de 30 comissões de formandos, alegando dificuldades causadas pela pandemia. Desde o e-mail que informou dessa rescisão contratual, enviado em 29 de dezembro, os estudantes afirmam que não conseguem nem entrar em contato com a empresa. Ao BHAZ, o cerimonial disse que devolverá todos os valores aos estudantes.

O estudante de medicina da Unifenas, Caique Ambrosio, é membro de uma das comissões que tinha contrato com o Cerimonial Via Essencial. Em conversa com o BHAZ, ele relata a série de dificuldades que os formandos encontraram com a empresa. “Desde o início da pandemia ficou difícil o diálogo. Foram várias demandas que começaram a não ser respondidas”, relembra.

Saiba mais no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias