*
 

Um catador de lixo de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, escutou um barulho estranho enquanto trabalhava na manhã deste sábado (3/2).

Após ir ao encontro do som, percebeu que se tratava de uma recém-nascida, enrolada com toalhas dentro de uma sacola de plástico. O homem, então, chamou a Polícia Militar. As informações são do Extra.

“Ela ainda estava com o cordão umbilical. Está com saúde, é gordinha e forte. É uma pena as pessoas que fazem isso com as crianças”, disse o cabo Carlos Pimenta Aragão. A criança foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros a um hospital próximo do local onde foi encontrada. Nenhum suspeito foi encontrado.