Casamento de membro da família real deixa suspeitos de Covid-19

A festa ocorreu no Rio de Janeiro, dez dias após a confirmação do primeiro caso de coronavírus.

Festa de casamento com 70 convidados no Rio de Janeiro pode ter sido foco de propagação do coronavírus. Entre os presentes, estava uma socialite de 71 anos, que morreu nesta terça-feira (23/03), internada com suspeita de Covid-19.

A celebração ocorreu no dia 7 de março, no bairro Jardim Botânico, um dos mais nobres da cidade.

Ao menos 37 pessoas sentiram os sintomas dias depois. O noivo é filho do príncipe Alberto de Orléans e Bragança, da família real.

A celebração ocorreu 10 dias após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no país. Entre os convidados, havia pessoas que retornaram recentemente da Itália.

O avô e pai da noiva estão hospitalizados, mas a secretaria de saúde não soube informar o estado de saúde deles.

Até o momento, o estado contabilizou quatro mortes. No Brasil, há 1.891 casos confirmados de coronavírus e 34 mortes.