Casal despejado de hotel em Cusco será indenizado em R$ 14,6 mil

Casal de Minas Gerais será indenizado após ser expulso de hotel e enfrentar problemas com site de viagem

atualizado 28/03/2022 15:53

Corredor de aeroportoAmanda Dias/BHAZ

Uma empresa de viagens terá que indenizar um casal de comerciantes em R$ 10 mil por danos morais. O casal foi despejado do hotel e teve dificuldades durante uma viagem para o Peru, programada por meio da plataforma de turismo. Além disso, eles também devem receber R$ 4,6 mil pelos transtornos. A decisão da 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) é definitiva.

O casal começou a planejar a viagem no dia 23 de janeiro de 2019, quando comprou um pacote de viagens pela empresa para a cidade de Cusco, no valor de R$ 6.971,87. Entretanto, ao finalizarem a compra, os comerciantes perceberam que erraram na escolha do voo e teriam que realizar uma troca de aeroportos para chegar ao destino desejado.

Leia mais no site BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias