Carla Daniel faz homenagem pelo aniversário do namorado morto no Rio

Atriz publicou fotos com o empresário Sergio Coutinho Stamile, assassinado por dois homens no Arpoador, em agosto. Ele completaria 42 anos

atualizado 27/09/2021 11:47

A atriz Carla Daniel com o namorado, o empresário e músico Sérgio José Coutinho StamileReprodução/Instagram

Rio de Janeiro – A atriz Carla Daniel fez homenagens para o namorado, o empresário e músico Sérgio José Coutinho Stamile, que foi encontrado morto na zona Sul do Rio há um mês. Nesta segunda-feira (27/9), a artista publicou cinco fotos com o namorado com declarações de amor e falando sobre o aniversário dele.

Sérgio Stamile foi achado morto no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador. Conhecido como Pirata do Arpoador, o publicitário  completaria 42 anos, mas foi assassinado por dois homens no local onde costumava meditar com frequência.

“Parabéns, meu amor. Você me dá mais que sorte”, escreveu Carla Daniel, que já havia feito uma postagem no domingo:  “Hoje seria seu aniversário meu Amor @sergio_stamile! Muita luz e paz pra vc. Seu lugar em nossos corações tem lugar mais que privilegiado. Eterno é o Amor!”.

0
Relacionamento desde 2020

Carla e Sérgio estavam juntos desde 2020. O músico era um frequentador assíduo no parque no Arpoador, onde ia para meditar. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) identificou os dois homens que assassinaram o empresário. Pablo Francisco da Silva, de 20 anos, e Flávio Lima de Mello, de 29. Pablo foi preso e Flávio está foragido, segundo o jornal O Globo.

Conforme a Polícia Civil, os dois suspeitos são moradores de rua e costumam dormir na região. Eles teriam feito uma brincadeira com o empresário, que não gostou da provocação e respondeu de forma ríspida. Ele entrou em uma gruta do local e logo depois foi acompanhado pelos dois.

Alguns minutos depois, a dupla deixou a gruta e levou os pertences da vítima. Pablo foi preso na Avenida Francisco Bhering e disse que Flávio deu um mata-leão em Sérgio. Contra Pablo, há uma anotação criminal por roubo. A juíza Angélica dos Santos Costa, do plantão judiciário, foi a responsável por expedir mandados de prisão temporária contra os dois.

Sérgio apresentava lesões como se tivesse sido arrastado e jogado ou caído de uma pedra com altura aproximada de 3 metros.

Últimas notícias