Brumadinho: mais dois soterrados por barragem são identificados

Até agora, 259 pessoas que morreram na tragédia tiveram identidades confirmadas, mas 11 vítimas continuam desaparecidas

Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 28/12/2019 19:12

A Polícia Civil informou, na tarde deste sábado (28/12/2019), que foram identificadas duas vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, da empresa Vale, em Brumadinho (MG), ocorrido em 25 de janeiro. Até agora, 259 pessoas que morreram na tragédia foram identificadas. Onze continuam desaparecidas. São informações do G1.

As vítimas identificadas são João Tomaz de Oliveira, 46 anos, e Noel Borges de Oliveira, 50. João Tomaz era funcionário terceirizado e trabalhava como motorista de caminhão-pipa. Ele deixou a esposa, com quem era casado havia quase 20 anos, e dois filhos.

Noel Borges, também funcionário terceirizado, era encarregado de obras e natural de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba (PR).

Os dois foram identificadas por meio de exames de DNA, no Laboratório do Instituto de Criminalística. Os corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) no dia 4 de dezembro.

Últimas notícias