Borat diz ter sido ameaçado após morte de turista no Buraco Azul

Bruno Miranda, o Borat de Amor e Sexo, participou da tentativa de salvar um homem que morreu afogado no lago, nessa segunda-feira

atualizado 23/03/2022 10:32

Reprodução/ redes sociais

O ator Bruno Miranda (foto em destaque) afirma ter sido ameaçado por uma empresa de turismo, em mensagem enviada numa rede social, após ele criticar a estrutura do lago conhecido como Buraco Azul, no município de Cruz, no Ceará. Um homem morreu afogado no local nessa segunda-feira (21/3).

“Tento salvar uma vida, relato falta de estrutura e segurança para não haver mais vítimas e ainda estou sendo ameaçado. Onde vamos parar?”, escreveu ele, no Instagram.

Miranda disse que as ameaças, enviadas via direct no Instagram, foram printadas e compartilhadas com o advogado dele. “Me falaram para eu ir embora hoje que era melhor para mim e que sabiam a pousada em que eu estava”, detalhou, ao jornal O Globo.

Bruno Miranda fez o Borat no programa “Amor e Sexo”, da TV Globo.

Na segunda-feira (21/3), o turista Uilgner Rodrigues, morador do Guarujá (SP), morreu após se afogar no Buraco Azul. Na mesma rede social, Miranda relatou ter ajudado nas buscas do homem.

“Lugar lindo, porém hoje nosso dia ficou muito triste porque aconteceu um afogamento (fatal). Participei da procura da vítima incessantemente até chegar à minha exaustão. Infelizmente, a vítima foi encontrada tardiamente”, relatou o ator e modelo, ao postar uma foto no local.

“Falta ser estudada a parte mais importante do nosso passeio, a segurança. Então, fica essa dica para melhoria do local. Para que não existam mais vítimas e possamos curtir nosso Brasilzão lindo”, prosseguiu.

O ator disse também que a administração do local “não tem cilindro, rede, nem planejamento para resgate de afogados”.

Em nota, a administração do Buraco Azul informou que a equipe de segurança aquática do restaurante realizou de forma imediata todo socorro e atendimento à vítima de afogamento.

“Devido o ocorrido, estaremos fechados nos próximos dias, divulgaremos uma data de abertura em breve”, disse.

“A empresa Buraco Azul Caiçara lamenta a fatalidade e, neste momento de dor, está prestando todo apoio e solidariedade à família e principalmente à companheira Bianca Carvalho que o acompanhava”, finalizou a administração.

Mais lidas
Últimas notícias